Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Vereda

A espera é eterna

O amor é solto

À luz da separação

O amor é banal

São regras

As tuas letras

O amor que perdeu

O tempo onde se escondeu

Vejo-te meu amor

Em campos de malmequeres

Onde bem me queres

Onde perco o pudor

E não me dizes que não

Estou meio perdido

Estive escondido

Não me digas que foi em vão

A semente do teu coração

Traduz a minha paixão

O meu verdadeiro amor

É aquele que pede por favor

Não digas acabou

Laços que não nos separam

Beijos que abraçam

A saudade ficou

O amor é a linguagem

Corporal do ser

Verbo crer

O amor é a tua imagem

Passar e não esquecer

É ver até morrer

O amor é o poder que deixas em mim

A força que não tem fim

Caminhos inversos

Amores imersos

Cores diferentes

Estados carentes

O entendimento de duas almas não se traduz em cores

Mas sim  no caminho do amor, um caminho feito de direcções diferentes…

Anúncios

Read Full Post »

O que é o Amor?

O que é o amor?

É sofrer com dor

Magoar sem amor

Perder a tua flor

 

Sinto-me violentado

Extremamente esgotado

Um ser afogado

Asfixiado

 

Lagrimas caem

Perdoa o meu pecado

Sou um animal

Mais do que racional

 

A dor infligida

Não quero desistir

Foi imposta por ti

Sou um viciado

 

Por ti choro e canto

Por ti morro e seco

Nada disto é o amor

Quando sentimos o calor

 

O teu beijo com o meu

O teu abraço junto ao meu

O nosso sorriso

O dares-me a mão

 

Sem saberes para onde iremos

Confiantes em nós

Intensifica-se a expressão

O significado é amor

 

Amor é estar presente na tua solidão

Amor é ser a alegria na tua tristeza

Lutar por ti antes que o sol desapareça

Amor é o luto do meu coração

 

Quando de ti nada sei

Quando por ti pequei

É um caminho ingrato

És pedaço de mim

 

O que faço sem ti

Não há amor

Fico tão sozinho assim

Finjo que existo

 

Embora nos doa

Tudo fiz para mudar

Sentir a luz da tua cor

O beijo no teu rosto

 

Não é o poema que te faz mudar, nem o silêncio que nos está a matar

Preciso de ti neste luar, explica o que é o amor, já me explicaste mas com o tempo esqueci-me do que é o amor…

 

Read Full Post »

1 Beijo

É aquele que veio para ficar

Senti aquele abalo

Sede do teu beijar

Não respiro, não falo

 

Profundo e emergente

Uma força que se sente

Beija-me a mim

Quero sentir os teus lábios de jasmim

 

O teu cheiro

A tua pele suave

Sentir o teu tiro

Embalado na nave

 

Esquecer o mundo

Envolver-me em ti

Essa língua é o meu regalo

Amor que senti

 

Fazes-me flutuar

Nas nuvens do imaginar

No sonho que tarda em acabar

Não há história que acabe por amor

 

Não pares de me beijar

Deixa-me sentir o luar

Arrepia a pele

Lábios de mel

 

Não acredito no que sinto

Não finjo que não sinto

Não vejo que sinto

Sim, por esse beijo minto

 

É doido o calor

Que causas com o teu ardor

Mais que um beijo

É amor

 

Sinal que existes

Não foi mentira

É beijo meu amor

A flor que cultivo

 

Beijo do Adamastor, sinal da mais pura saudade que por sinal tem o seu lado bom e mau

Mau sinal de distância, bom sinal da importância que o teu beijo me deixou….

 

 

Read Full Post »

Eu e só Eu

Eu e só eu

Sei o que é a dor

A incerteza do terror

Eu e só eu

 

Aquele que não prende

Não finge não vende

Que luta por amor

Arde o sonhador

 

Eu e só eu

Um mar de complexidade

Preso pela idade

Eu e só eu

 

Desejo ultrapassar

A vontade de me perder

Partir e esquecer

Esquecer de viver

 

Eu e só eu

Quero ser feliz

Ser o teu giz

Eu e só eu

 

Desejo pintar

O rumo a seguir

Olhar e sorrir

Viver e cantar

 

Eu e só eu

Quero dar o melhor de mim

Obrigar-te a dizer sim

Eu e só eu

 

Vivo por aí, caminhado devagar junto ao fim

Espero por nascer junto a ti e no fim dizer que morri feliz…

 

 

 

Read Full Post »

Amorífero

Parece que fazes falta

Não durmo a pensar

Quando me vou apaixonar

O médico não me dá alta

 

Sou um doente

Por amor verdadeiro

Quando sentia-me inteiro

Um ser que sente

 

Que tem lagrímas e dor

Acreditou nos sentidos

Nas palavras e no cheiro

Que o teu corpo provocou

 

Abandonaste a tela

Abdicaste de mim

Acabou o amor

Apaixonar-me não faz sentido

 

Dar-te a mão com pudor

Receio e tremor

Foi esse o verdadeiro amor

Aquele que nunca esqueci

 

Mas foi aquele que me matou

Finjo que não o sinto

Penso e logo existo

A história que acabou

 

Vou sofrer por amor

Não sei ser feliz

Não estás do meu lado

Agora que eu mais preciso

 

Onde estás tu meu amor?

O meu caminho

Foi escrito sozinho

A revolta e a dor

 

Não há perdão

Para o vazio da tua ausência

Esqueceste que estou aqui

Sozinho e sem o teu calor

 

Não entendes o meu amor

Aquele que o tempo matou

Nem Deus o ressuscitou

Assim morreu o amor

 

Não sei de ti

Foi assim que escolhi

Posso não ter nada

Sinal que não tenho fada

 

Foi ilusão

Arrasei o que não quis

Diz a canção

Não te esqueças do que fiz

 

Gostava de descrever-te, és tão complexa e básica

Fizeste-me conhecer o pecado e agora que penso em ti, vejo que afinal nunca tive o teu amor…

Read Full Post »

Perdido

Foi doce o embalo
Parti contigo ao meu lado
A alma ficou

O tempo passou assim
Ficou a sede de amor
Aquilo que não sinto
Não minto

É um pedaço de tempo
Não quero magoar-te
Que sofras ou chores
Só quero o teu amor

Diferenças que vivo
Só por ti
Sinto este amor
Somente o teu perfume

É jardim é amor
É amor o que sinto
Eu não minto
É calor que o corpo transmite

Já não sei
O que falo
Não sei o que é amor
Só sei que te quero

És o calor
A semente que brota em mim
És teu meu amor
Que eu adoro, amo e não esqueço

És assim
Uma personalidade forte
Única e com sabor
O teu instinto

És a certeza que eu preciso
Mas eu sei
Que não mudarás
A tua cor

Serás sempre assim
Um fruto de amor
Um sonho que é para mim
Um desejo, um amor

É o que sinto por ti
Não finjo
A cor que tinjo
O amor que não esqueci

Agora fiquei perdido só e esquecido
Eu sei que é duro o teu lado, mas é melhor assim pois quando me lembrar de ti será com muito amor…

Read Full Post »

Acredito

Fim, com a dor

Me embalo

Amor não tem fim

É sede, é calor

 

O que sinto

Não minto

Transmito o fado

Inseguro e jasmim

 
Não é flor

É o fruto do desejo

É falhar

Procura no teu interior

 

Não vejo a sede

O teu calor não finge

Que eu não tiro

Despeço-me dos passos

 

O teu mundo

Fica longe e distante de mim

Sem o teu amor

Não sinto, não vivo e não existo

 

Fico perdido

Não sei sentir

Este sonho ardido

As cinzas dão cabo de mim

 

Não respiro

Vivo afogado

Passado pesado

O tempo é assim

 

Inferno gelado

Onde está o meu amor?

Preciso de ti

Olha para mim

 

Eu vivo e falo

Espero por ti

Sonho acordado

Acredito no amor

 

Sim, eu sou assim…o teu sonhador que olha para ti

Não esconde que precisa da tua cor, para ser feliz e sentir o amor…

 

 

 

Read Full Post »

Older Posts »