Feeds:
Artigos
Comentários

São Valentim

Dia dos namorados

Solteiros ou casados

Felizes e apaixonados

Verdadeiros e abençoados

 
Dia do amor

Dia de paixão

Dia de calor

Dia de emoção

 
Há flores

Pulseiras ou doces

É o dia dos amores

Dia de vozes

 
Declarações de amor

Entrega total

Amor real

Onde não existe dor

 
A perfeição tem nome

És tu meu amor

O homem é desfeito

Se não sentir a tua cor

 
Frio que queima

Borboletas que passeiam

É o ser apaixonado

Que surge iluminado

 
Não há bela sem senão

És o meu amor, meu coração

Meu pecado, minha perdição

Um caminho, uma solução

 

Um ciume carregado de amor, um beijo cheio de calor

É a minha mensagem para ti meu amor, não por ser dia de São Valentim, mas porque sem ti eu não consigo ser assim…

Anúncios

Perfídia

Foto de: Ana Brilha

É a lua escondida

O momento da partida

O teu olhar misterioso

Amante criterioso

Doce canção

Momentos em vão

Tempo perdido

Amor esquecido

Tremenda confusão

Amor ou paixão?

Ao longe vejo o sentimento

Aquele mandamento

Ilusão temporária

Traição  na tua praia

Mar de mentiras

Momentos que retiras

Fragmentação emocional

Relação banal

Termina a comunhão

Finda a união

Mais uma separação

Um caso de amor

Longe da imensidão

Gela-se o calor

O mundo perde a sua cor e o nosso mundo perde a alegria de viver

Actos pérfidos são o apanágio da nossa realidade, traduzem-se em marcas resultantes da crueldade humana…

Conquista

É o momento que afirma

O som que desafina

A melodia que conquista

É vencer na pista

 

É pecado inicial

Crime capital

Desejo iluminado

Amor guardado

 

É dar e receber

Fazer amor e esquecer

Beijar e abraçar

Tocar e acreditar

 

Conversar e enrolar

Cantar e encantar

Escrever e falar

Pensar e imaginar

 

É um tocar e fugir

Esquecer e partir

Criar um vazio

Um animal com sio

 

O homem encontra na sua imagem, aquilo que conquista

O universo diz que a sua mulher é a sua perdição, pois não há amor que resista…

 

Coração Familiar

O sol despertou

O teu calor

Aquece o meu corpo

Alma cheia de amor
Interesse digno

Medo de amar

Puro e fidedigno

Situação por acabar
O desejo perdura

Dor do desgosto

A tua certeza

Rima com o imposto
Valor pago

Momento dos anjos

Sente a solidão

Perde o equilíbrio
Encontra a calma

A estranheza do ser

Complicação da alma

Coração que não sabe ler
Crava na minha pele

A nossa história

Gravado na epiderme

Fracassos que morrem
Tristezas que esmorecem

Nas lágrimas do teu rosto

Sem vontade e sem certeza

Não há caminho que resolva
Noite fria

Vento do Norte

Sinto a tua doce voz

É puro calmante
Revelas a luz do teu coração, por detrás de uma fechadura sem rosto

Onde encontramos o sangue que nos envolve, a família que nos toca e o coração que não morre…

 

 

Desgosto

Enorme confusão

Reside no pensamento

Penso em paixão

Longe do casamento

Onde o amor é livre

A desilusão é cara

Escondo a tara

Lágrimas que fervilham

Sucedeu como escreveste

Porque endoideceste?

Deixaste de me sentir

Começaste a mentir

A dizer que não sentiste

O mesmo do que eu

Eu era mesmo teu

Porque mentiste?

Sinto cada golpe

O rasgar da ferida

Mas já não caio

Caminho sarado

Triunfante e sem medo

O teu vazio

Não me assusta

Não me consola

É um pensamento que vai

Desaparece e cai

Como uma pequena mentira

Já não tenho raiva e nem ira

A realidade mostra o orgulho

Um ser puro

Um jovem maduro

O amor é fruto

O tempo encaixa na memória

Sejam 4 ou 40 anos

Terminou a estória

Acabaram os manos

Acabado de acordar, o pesadelo acabou por terminar

Não mais voltou a sonhar com a pessoa que lhe queria massacrar…

 

Origem do Ser

Fazes-me sentir imensa dor
Que não tem cor
Matas a vida
Não têm amor

Indiferença da amargura
Que leva a esta loucura
Não sei viver com o tempo
Ausência do teu calor

O teu sorriso
A tua cor
Onde os momentos passados
São os mais amados

Por ti deixados
Serão sempre relembrados
É muito amor
Me faz esquecer

A certeza de ser o primeiro
O mais desejado
O mais amado
Acarinhado tem que ser o teu amor

Agarrado a este rumo
O tal que me persegue
Assolador por natureza
És o homem que consegue

A mulher que caça
Sente este fluir
Um coração por abrir
Pobre gente que massa

Triste rei que ergue a taça
São traços do tempo
Perda de memorias
Longe da gloria

Junto contratempo
Hoje sou o templo
A paz e serenidade
Que não fazem de ti

O perfeito exemplo
A ferros estão os túmulos
Onde jazem os entes
Trazendo à memoria

A nossa pura essência, distante e particular
Origem que nos diferencia e dita que nós estamos por acabar…

Despertar da Paixão

É uma droga
És um vício
sem ti a morte é longa
Dor que sacio

Alimenta-se da ausência
Impera o teu corpo
Saudades do teu toque
Beijos a galope

Génios no beijo
Desejo ardente
O teu pensamento mente
És o pecado que me falta

Voar contigo é possível
Basta acreditar
Contigo eu vou vencer
Amor credível

Esta distância é impossível
Algo que quero esquecer
Uma dor que fiz por merecer
Esqueci-me do sensível que é o ser

Orgulho feroz
Negação atroz
Saber que te perdi
Faz-me chorar por ti

Sangrar pelo que esqueci
A confiança que tinhas em mim
A verdade que escondi
Tudo tem um fim

Não quero ter um final
Onde tudo acaba mal
Preciso da tua calma
Sentires a minha alma

O amor que não se apaga
Chama congelada
Gelo ardido
Queimaduras de promessas

Onde não te vejo mais
Para não te prender
Assim que consigas entender
Que não me podes esquecer

Já não sei o que é amar
O tempo fez-me esquecer
Perdido no mar
Só tu podes renascer

O amor que tenho aqui dentro, perdido, esquecido…Tenta ajudar-me a encontrar-lo
Este amor que um dia me fez acreditar, que contigo seria capaz de confiar na paixão que acabou por despertar…